Precisão altimétrica de modelo digital do terreno sob a vegetação obtido por interferometria de radar de abertura sintética de banda P

  • Clovis Gaboardi Bradar Aerolevantamento Ltda. – Av. Shishima Hifumi, 2911 – Parque Tecnológico Univap – Urbanova – São José dos Campos, SP http://orcid.org/0000-0001-8440-1829
  • Dieter Lübeck Bradar Aerolevantamento Ltda. – Av. Shishima Hifumi, 2911 – Parque Tecnológico Univap – Urbanova – São José dos Campos, SP

Resumo

A tecnologia de Interferometria de Radar de Abertura Sintética (InSAR) operando na banda P (comprimento de onda de 75 cm) permite a obtenção de modelos digitais do terreno (MDT) sob a vegetação. Na região da construção da Usina Hidrelétrica (UHE) de Belo Monte, no município de Vitória do Xingu, estado do Pará, tornou-se necessário realizar o desmatamento da floresta sujeita a inundação provocada pela barragem em construção. Em 2014 foi realizado um levantamento com tecnologia InSAR da banda P para a obtenção do MDT sob a cobertura vegetal, a fim de delinear a área da floresta sujeita à inundação, para realizar a supressão da mesma.  Após a supressão da floresta e antes da inundação, foi realizado um levantamento topográfico de precisão de 42 pontos do terreno, para validar a precisão altimétrica do MDT gerado.

Publicado
2017-03-31
Como Citar
GABOARDI, Clovis; LÜBECK, Dieter. Precisão altimétrica de modelo digital do terreno sob a vegetação obtido por interferometria de radar de abertura sintética de banda P. Revista Brasileira de Geografia, [S.l.], v. 61, n. 2, p. 67-81, mar. 2017. ISSN 2526-0375. Disponível em: <https://rbg.ibge.gov.br/index.php/rbg/article/view/97>. Acesso em: 22 out. 2017. doi: https://doi.org/10.21579/issn.2526-0375_2016_n2_p67-81.
Seção
Notas técnicas

Palavras-chave

SAR, Radar de Abertura Sintética, Interferometria, Banda P, Modelagem Digital do Terreno