Toponímia de origem árabe em ruas de Belo Horizonte

Autores

  • Jéssica Nayra Sayão de Paula Universidade Federal de Minas Gerais. Faculdade de Letras

Palavras-chave:

Toponímia, memória, Belo Horizonte, Minas Gerais, árabes

Resumo

Este trabalho teve como objetivo realizar pesquisa linguística, com enfoque no léxico toponímico urbano de Belo Horizonte, analisando, dentre o total de logradouros públicos que há na cidade, 68 topônimos de origem árabe.  O estudo se integra ao Projeto ATEMIG – Atlas Toponímico do Estado de Minas Gerais – coordenado e desenvolvido na Faculdade de Letras da UFMG, pela Profa. Dra. Maria Cândida Trindade Costa de Seabra. A proposta desta pesquisa é demonstrar que o estudo dos nomes de lugares possibilita resgatar parte da história e da cultura local de uma comunidade, uma vez que a toponímia evidencia marcas da história social. Os resultados obtidos mostraram a predominância dos antropotopônimos que se destacaram na capital mineira, principalmente, na área do comércio.

Downloads

Publicado

2022-09-28

Edição

Seção

Trabalhos do II SIPAT 2021